Coronavírus e Autismo: O que fazer?

Como você, pai e mãe, deve explicar o Coronavírus para crianças autistas e o que fazer para mantê-las seguras e tornar os momentos em casa mais proveitosos.

O isolamento passa a ser recomendado.

O que é o Coronavírus

Em primeiro lugar você deve saber que o novo coronavírus (COVID-19) pertence a mesma família de vírus que causam infecções respiratórias, tais como a gripe e resfriado. O primeiro caso foi registrado na china e desde então vem se espalhado pelo mundo chegando recentemente aqui no Brasil.

Os primeiros sintomas da doença aparecem de 2 a 14 dias após o contagio e a transmissão ocorre apenas enquanto persistirem os sintomas. No entanto, também é possível a transmissão viral após a resolução dos sintomas, mas a duração do período de transmissibilidade é desconhecido para o coronavírus. Durante o período de incubação e casos assintomáticos não são contagiosos.

Vale ressaltar que a maior taxa de mortalidade (14,8% dos infectados) está entre os idosos com mais de 80 anos e pessoas com outras doenças, tais como as cardiovasculares, diabetes e doenças respiratórias crônicas. Apesar de alguns bebês terem sidos diagnosticados com o COVID-19, não foram registradas mortes de crianças entre zero e nove anos.

Explicando o coronavírus para as crianças Autistas

Se seu filho for verbal, ao conversar com ele é importante conversar com ele de forma clara e objetiva, sempre se baseando em fatos para explicar o que de fato é o coronavírus e porque é importante lavar sempre as mãos e tomar os cuidados com a higiene pessoal.

Vale imprimir imagens e desenhos para explicar o que é um vírus e como ele é transmitido, mostre também as rotinas de prevenção e higiene, tais como lavar as mãos após usar o banheiro e antes de se alimentar; cobrir a boca ao tossir com o braço ou um lenço e após isso lavar novamente as mãos; etc. No mais, certifique-se

É importante explicar para a criança que todos podem ser atingidos pelo COVID-19, mas não gere pânico na criança, não coloque tanta emoção e ênfase, mas fale dos sintomas, das prevenções e das consequências do vírus. Diga que em crianças o vírus pode agir apenas como uma gripe, mas em pessoas mais velhos (vovó e vovô) o vírus pode causar complicações serias na saúde.

Taxa de mortalidade dos caso de coronavírus.

Quebra de Rotina

Uma grande dificuldade que pode ocorrer nesse período de quarentena é a quebra da rotina, como sabemos portadores de autismo tem um apego muito grande com suas rotinas e nesse primeiro momento podem estranhar o fato de ficarem em casa e não irem para escola e terapias.

Explique de forma logica do porque a rotina dele está sendo alterada, ligando o vírus com a mudança. Muitas vezes a aceitação não será fácil, mas você terá que insistir e encontrar meios para facilitar o entendimento, novamente vale a utilização de imagens, desenhos ou vídeos.

A parte boa de toda essa história com o novo coronavírus é que virou uma oportunidade de passar mais tempo com a família. Aproveite para participar do dia a dia do seu filho, brique e estimule muito. Dê foco nas atividades do dia a dia como escovar dentes, pentear cabelos, tomar balho, essas atividades favorecem o desenvolvimento e a independência da criança se feitas da maneira correta.

Mas e as terapias?

Nesse momento a maioria, para não dizer todas, das clinicas já suspenderam suas atividades em virtude do COVID-19, no entanto, sabemos que a terapia deve continuar em casa. Verifique a possibilidade da realização das terapias via Skype ou outras ferramentas de comunicação online. Outra forma de não prejudicar o progresso do seu filho é se capacitando em Terapia ABA através do nosso curso online e aplica-la em casa para favorecer continuamente o desenvolvimento da criança.

Nosso curso conta com dez módulos de conteúdos que irão te mostrar como atuar corretamente no dia a dia. Vale ressaltar que a Terapia ABA é a única que possui eficácia comprovada cientificamente para o tratamento do autismo. Para conhecer um pouco mais do Curso em Terapia ABA no Autismo para Pais e Aplicadores e aprender a atuar de forma eficaz no desenvolvimento do seu filho com Transtorno do Espectro Autista, clique aqui.

Gostou desse conteúdo? Compartilhe com alguém que precisa dessa informação!

Facebook
WhatsApp
Telegram

Torne-se uma Aplicadora ABA

Aprofunde seus conhecimentos em ABA e crie um plano de intervenção eficaz para atuar no desenvolvimento de pessoas com autismo

plugins premium WordPress